Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos De Todos Os Tipos E Feitios

É a selva!!! Ah, não... afinal é o Pingo Doce...

Pois é!! Não pude deixar escapar esta oportunidade para actualizar aqui o "estaminé".

Como todos já devem ter ouvido falar, ontem, 1º de Maio, o Pingo Doce lançou uma promoção de 50% de desconto por cada 100€ em compras.

Ora, como toda a gente precisa de comer e "ah, e tal que levar 100 e pagar 50, até é bom negócio" lá foi o pessoal todo maluco a correr para o Pingo Doce, formar filas dentro e fora da loja, de tal forma que quase parecia a fila para um festival de música... mas isso toda a gente sabe.

Ora, eu, pessoa que desabafa, já estava a imaginar todo o tipo de cenário trágico a acontecer dentro dos estabelecimentos comerciais, e claro está quando li que já havia policia ao barulho, não pude deixar de imaginar os agentes da autoridade a tentarem acalmar os ânimos: "Calma minha senhora, se já não há sardinhas, leve carapaus" e por aí a diante. Naturalmente que não pude deixar de imaginar a situação habitualmente referida como "dois cães a um osso", sendo o osso 5 litros de azeite, ou uma embalagem de iogurtes. Mas isto sou eu, que tenho uma imaginação um quê de nada fértil.

 

Houve 2 situações que me fizeram rir: o facto de supostamente esta promoção ser ilegal, pois estar a vender produtos abaixo do preço de custo, e depois um senhor dizer que "se fazem isto hoje, porque não fazem todos os dias?". Ora, respondendo à pergunta, porque se um dia é ilegal, todos os dias deve ser para além de crime. E o facto de ser ilegal é algo que a mim não me parece muito lógico, se o produtor recebeu o dinheirinho e quem teve prejuízo foi o vendedor, porque assim o entendeu, qual é o drama? Se fosse todos os dias eu até percebia que podia gerar concorrência desleal ou algo do género (nem sei se posso usar este termo, mas pronto), antes isso que me fazerem fazer contas de cabeça, porque tenho desconto hoje mas só posso usar 25% dele no mês x e o resto no mês y.

 

Credo! Esta gente não está bem com nada! E depois dizem que eu é que sou esquisita...

Ainda sou do tempo...

Ainda sou do tempo em que diziam para não comer com as mãos…hoje em dia não me dão talheres nos restaurantes de fast-food, querem que eu coma com o quê? Com os pés?

 

Ainda sou do tempo em que diziam para não por objectos esquisitos na boca…hoje em dia colam-me peças de metal na boca e ainda as ligam com arames e elásticos…

 

Ainda sou do tempo em que diziam que a “roupa interior” era mesmo isso, “interior”, não era para andar à mostra…hoje em dia já nem sei distinguir roupa interior da “normal”…já para não falar das calças que caem…

 

Ainda sou do tempo em que diziam para não andar com calças rotas, que parecia mal… hoje em dia fica mais barato comprar umas e fazer-lhes buracos, que compra-las já esburacadas…

 

Ainda sou do tempo em que me diziam para não apanhar boleia de desconhecidos…agora há o “programa” condutor 100% cool…

 

Ainda sou do tempo, em que se quisesses diploma do secundário, “marravas” e pelo menos fazias exames, agora escreves a história da tua vida, e puff fez-se o diploma…

 

Que posso eu dizer, devo 'tar a ficar velha…

Proibida a entrada …a maçãs e bolas de ping-pong.

É verdade, depois de chamarem “maçã podre” a João Moutinho depois do jogador ter passado do Sporting para o Porto, parece que houve na internet o movimento “vamos atirar maçãs ao Moutinho” (movimento entitulado por mim, há coisa de 2 minutos), e devido a isto, meus caros amigos, as maçãs que queiram ir ver o jogo, têm de ficar pelo café, porque no estádio, não entram…é mesmo caso para dizer “ é muita fruta”.

 

Mas, como não são só as maçãs que são boas armas de arremeço, e citando Costa Ramos (era suposto eu saber quem é? Ups..) “Maçãs não vão entrar e espero que bolas de golfe também não (…)”. Conclusão: Laranjas, Papaias, Mangas, bolas de ténis e outros, façam favor de reservar o vosso bilhete. Pronto, tava a brincar, aparentemente todos os objectos que possam ser arremessados e causar ferimentos, não entram…Ora, preparem-se para entrar descalços, sem óculos e sem malas. E só não ficam em pé, porque os bancos não entram no estádio, já lá estão!

A.N.A.B (Aeroporto Nacional de Aviões e Bicicletas)

Como as pontes já estão fora de moda, e auto-estradas só se for para pôr portagens, lembraram-se de ir gastar uma pipa de massa numa ciclovia de 4,5 km para o aeroporto. Pois é, agora pode-se ir para o aeroporto de bicicleta, ou sair dele a pedalar…sítio para estacionar o dito meio de transporte é que é mais complicado, mas para isso leva-se uma corrente e acorrenta-se a bicicleta ao poste de electricidade, ou ao banco de espera, não há crise… Já o porquê de ir para o aeroporto de bicicleta, ou sair do aeroporto a dar ao pedal, isso é um mistério para mim por uma razão muito simples: onde vai a bagagem? De táxi? 'Tamos em crise, se o táxi leva a bagagem, também me leva a mim. Se é para pagar ao menos passo a viagem sentada sem dar ao pedal. Sim, porque eu acho que levar  a bagagem de bicicleta é um bocado complicado, como diria Camões, é preciso utilizar engenho e arte ( ena pá! este blog tem referência a Camões, isto está cada vez melhor).

 

Nem sei que título pôr...

Ainda sou do tempo em que se dizia "chegou-lhe a roupa ao pêlo", neste caso é mais: chegou-lhe o cabelo à roupa...não é que a Lady GaGa, agora lembrou-se de se vestir com cabelo humano?? Facto que me leva a ponderar o conteúdo do armário da moça... Algumas pessoas têm esqueletos no armário, mas tenho razões para acreditar, que no dela ainda há coisas mais macabras... é vestido de carne crua, é vestido de cabelo humano...até tenho medo qual será o próximo... Feno?

 

(nota: este é o post nº100!! pronto era só isto..espero que chegue ao 200)

A moda e as suas tendências....esquisitas

Parece que foi ontem que começaram a “andar na moda” as calças de ganga rotas, o que começou por ser um buraco inofensivo na coxa, passou a ser uma peça de vestuário com mais buracos do que tecido… mais recentemente, apareceram as rendas em tudo o que é sítio, os ditos buracos nas calças passaram a ter renda, as camisolas passaram a ter renda, os sapatos passaram a ter renda… de tal forma que às vezes nem sei bem se a dita peça se trata de roupa “normal” ou pijama…mas ainda antes de aparecer a renda, apareceu o que eu gosto de chamar “a moda cortinado”, ou até mesmo moda toalha de mesa, e porquê? Porque aqueles padrõezinhos lindos, fazem me lembrar toalhas de mesa que eu digo à minha avó que são feias, ou até mesmo cortinados que estão algures no baú de “pano para trapos” cá de casa, ( ou estariam, se eu tivesse um).

E ainda dizem que são poucas as pessoas que fazem reutilização…vou lá eu perceber…

 

Mas continuando com a minha ordem de ideias: fartos de ouvir a expressão “Onde foste buscar essa roupa? Ao monte dos cortinados?” e semelhantes, o pessoal fartou-se e fez exactamente isso. Mas, essa expressão, foi substituída por outra. Ok, não foi substituída, visto que isto é um caso especial, graças à Lady GaGa agora podemos usar “Onde foste buscar isso? Ao talho?”

Sabedoria popular

O pessoal de antigamente é que sabia!!Quem inventou os provérbios populares e aquelas expressões muito utilizados eram autênticos génios, aquelas frases são puro ouro! Ora reparem:

 

“Em Roma sê romano” ora porquê? Porque se fores para Roma (ou outro qualquer país) com aspecto de turista, a qualquer estabelecimento turístico que vás comprar algum “souvenir” aproveitam-se da dificuldade de comunicação para te deixarem a carteira mais leve, e não penses que é a pensarem no bem-estar da tua coluna!

 

“Todos os caminhos vão dar a Roma” então se vão todos dar ao mesmo sítio, mais vale ir por onde não se paga portagens…

 

“Levantar cedo e cedo erguer, dá saúde e faz crescer” ora aí está, se queres continuar a comprar roupa nas lojas de roupa e não de cortinados (ok, às vezes é difícil de distinguir, mas estou a referir-me ao tamanho) acorda tarde, porque se não há cortinado que te sirva! E para além disso, os médicos precisam de trabalhar…e precisamos de noticias a ver com filas de espera nos hospitais para passarem  nos telejornais, se não temos que ouvir noticias da nova banda dos morangos com açúcar..

 

“A galinha da minha vizinha é melhor que a minha” por esta razão é que são cada vez menos as pessoas que criam galinhas, e em vez disso vão comprar FRANGOS aos supermercados ou vão ao Rei dos FRANGOS ou ao Marquês dos FRANGOS comprar FRANGO assado, para não haver confusão…

O que é nacional é bom...

Depois de Obama ter optado por um cão de água português como animal de estimação, agora o Papa gostou tanto da poltrona onde descançou, nada mais nada menos, do que 15 minutos ( ok se calhar a precisão é exagerada, mas faz o texto tão mais giro) depois de celebrar a missa no porto, que decidiu levá-la para o vaticano. Meus caros amigos, estamos no bom caminho para o reconhecimento internacional, em breve vamos ter o Dalai Lama a meditar sobre um tapete de Arraiolos, o Bill Gates vai passar a oferecer Magalhães como recompensa aos melhores programadores, e quem sabe quem é que vai prestigiar o vidro e a cortiça nacionais?

Vai apanhar morangos!!...e aproveita e fertiliza-me a quinta...

 Agora quando disseres “vai apanhar morangos!” a alguém (já ninguém diz isto, mas pronto…) tem em atenção que é provável que a outra pessoa ligue o pc, vá à internet, fazer login no Facebook, e ir apanhar morangos à sua quinta, ou ainda pode responder-te que não os pode apanhar porque ainda não estão a 100%...

 

A Famosa deve estar destroçada, a quinta do Pin e Pon não teve metade do sucesso, e a quinta tem casa!! As vacas até bebem água!!Até direito a anúncio com musiquinha ela tem…mas lá está, não tem vegetais para plantar nem apanhar…

 

Dizem que a agricultura está em crise…bem, a e-agricultura é um furor, só é pena que não encha o estômago…

Os provérbios ( e ditados populares e afins…), como seriam escritos hoje…

Em Roma, sê romano, se assim não for, nas zonas turísticas limpam-te a carteira.

 

Todas as estradas vão dar a Roma, sendo assim, vai pela que não tem portagens.

 

Guarda o que não presta, encontrarás o que é preciso, mas só depois de o reciclares.

 

Deus dá nozes a quem não tem dentes… viva a evolução da medicina dentária!!

 

Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar, principalmente se ele não tiver o vírus H5N1.

 

De pequenino se torce o pepino, e depois é acompanhado por um quiroprata o resto da vida.

 

De grão a grão enche a galinha o papo, depois engasga-se, vai para a fila de hospital e morre na sala de espera…ou na ambulância…ou a relatar o que se passa ao 112…

 

A vingança é um prato que se serve frio, o aquecimento global não parece tão mal agora, hein?

 

Que Deus te dê em dobro tudo aquilo que me desejas (eu desejo que tu ganhes o primeiro prémio do euromilhões…)

 

Burro velho não aprende línguas, vamos mandá-lo para as Novas Oportunidades…